Lilibet Diana: a princesa veio ao mundo!

O príncipe Harry e Meghan Markle anunciaram há dias o nascimento do segundo filho: uma menina.

A BBC avança que a criança será baptizada com o nome de Lilibet Diana Mountbatten-Windsor, adoptando o nome da Rainha Elisabeth II, que no círculo de amigos é tratada por Lilibet e mãe de Harry, a Princesa Diana, que morreu num acidente de viação em 1997.

Assim, ao dar o nome de Lilibet Diana, o casal Harry e Meghan junta duas das principais mulheres importantes da vida de Harry, com influência bastante sobre e que moldaram o seu carácter.

Há que veja nessa atitude não somente a encarnação na bebé de uma pessoa que terá uma personalidade bastante forte e peculiar, atendendo à forma de ser e de estar das duas: Rainha Isabel e Princesa Diana, cujas acções marcaram, profundamente, a humanidade.

Não é por acaso que os relatos a nível da imprensa internacional especializada seja a de que o nascimento de Lilibet Diana marque o surgimento de uma nova rainha, num claro comentário de premonição, ou seja que a menina ora nascida será ou terá uma actuação igual a de uma Rainha.

“No dia 4 de Junho, fomos abençoados com a chegada da nossa filha, Lili. Ela é mais do que nós podíamos ter imaginado e estamos gratos pelo amor e orações que sentimos vindas de todo o globo. Obrigado pela vossa simpatia contínua e apoio durante esta época especial para a nossa família”, escrevem os duques em comunicado.

A bebé nasceu na sexta-feira, 4 de Junho, às 11h40 locais (19h40 em Maputo), com aproximadamente 3,5 quilos.

Em comunicado, o casal adiantou que a mãe e a criança estão bem de saúde. O parto ocorreu num hospital de Santa Bárbara, na Califórnia.

Lilibet é o membro mais recente da família dos duques, juntando-se a Archie, o primeiro filho do casal, nascido em Maio de 2019, e ocupa agora a oitava posição na linha de sucessão ao trono, antes do príncipe André.

A notícia já foi comentada pelo Palácio de Buckingham: “A rainha, o príncipe de Gales e a duquesa da Cornualha e o duque e a duquesa de Cambridge estão encantados com a notícia”.

 

Será o sarar de feridas?

O nascimento da menina ocorre após uma entrevista de Harry e Meghan a norte-americana Oprah Winfrey, transmitida em Março, na qual o casal fez afirmações consideradas polémicas sobre a posição da família real quanto à cor da pele do seu primeiro filho, bem como quanto ao facto de terem perdido a protecção real e as intensas pressões que terão levado Meghan a pensar em suicídio.

Harry e a actriz norte-americana Meghan Markle casaram-se no Castelo de Windsor, em Maio de 2018, e o seu filho Archie nasceu precisamente um ano depois.

No início de 2020, Meghan e Harry anunciaram a intenção de deixarem de trabalhar a tempo inteiro para a coroa e de residirem entre a América do Norte e o Reino Unido. Porém, os seus desejos acabaram por ser contrariados, com a rainha a não permitir uma dedicação em part-time.

A cisão definitiva deu-se em Fevereiro deste ano, quando o casal informou a monarca de não ter intenção de voltar a actuar como membro activo da família real. (Com agências internacionais)

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?