Actor Bruce Willis – diagnosticado com demência vê seu estado de saúde a piorar

O ator de ‘O sexto sentido’ e ‘Duro de matar’ , Bruce Willis, diagnosticado com demência frontotemporal está a passar por situação difícil. O seu estado de saúde está a piorar e segundo a imprensa internacional não reconhece mais a mãe e tem comportamento agressivo.

Em entrevista à revista alemã “Bild”, Wifried Gliem, prima de Marlene Willis, de 87 anos, mãe do ator, confidenciou que esta “não tem certeza se o filho a reconhece”. A fonte afirmou ainda que “os seus movimentos são muito lentos, com uma agressividade constante. Não é mais possível manter uma conversa normal com o actor.

Bruce Willis anunciou sua aposentação em 2022, após ser diagnosticado com afasia. Nos últimos dias, familiares do astro de “Duro de matar” e “O sexto sentido” vieram a público para informar que a condição havia progredido para um quadro de demência frontotemporal, doença também conhecida pela sigla FTD.

Bruce vem recebendo o apoio e acompanhamento de toda a família, incluindo a ex-esposa Demi Moore, que chegou a admitir que o ator teve a fala debilitada, motivo que resultou em sua aposentação precoce, aos 67 anos.

O ator, que vinha trabalhando ativamente, deixou alguns trabalhos inacabados. “Assassin”, o último filme rodado por Bruce, chega aos cinemas americanos e em VOD em março.

o que o ator fez para esconder doença em seus últimos filmes?

Artista lançou mão de uma série de estratégias para que seu quadro de demência passasse despercebido

Após a confirmação de seu quadro de afasia, transtorno de linguagem decorrente de uma lesão cerebral, Bruce Willis anunciou sua aposentação imediata do cinema para se dedicar à família. Mas uma pergunta ficou no ar: como o ator de 67 anos conseguiu esconder sua doença em seus filmes mais recentes como “No escape” ou “Dangerous lands”.

Segundo a imprensa internacional, o ator já apresentava sintomas de afasia durante suas últimas gravações, mas evitou desistir e tentou esconder os sintomas no set de filmagem o melhor que pôde. Ele queria continuar a fazer cinema e, nesse processo, passou a optar por papéis em que se limitava a falar. Em alguns momentos, teria esquecido diálogos de seus personagens e, por vezes, se mostrado desconcertado no ambiente de trabalho.

A doença avança a passos largos, mas Bruce recorreu a alguns truques que conseguiram disfarçar nas telas o seu distúrbio, que acarreta dificuldades na fala, nos gestos e na escrita. Um de seus métodos foi ouvir suas falas por meio de um fone escondido em seu ouvido.

Infelizmente, a situação tornou-se irremediável para ele e sua saúde, razão pela qual revelou a doença ao público e acabou se aposentando em meados de 2022.

 

 

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?