“É difícil gerir Ronaldo com 200 milhões de seguidores nas redes sociais”

Maurizio Sarri passou a temporada de 2019/20 à frente dos destinos da Juventus, acabando por sair no final da temporada, apesar de se ter sagrado campeão italiano. Em entrevista ao Sportitalia, o agora treinador da Lazio recordou as dificuldades que encontrou para lidar com Cristiano Ronaldo.

“A gestão do Cristiano não é fácil, ele é como uma empresa multinacional, com muitos interesses pessoais que têm de ser geridos em conjunto com os da equipa. Tem mais de 200 milhões de seguidores nas redes sociais, essa é uma situação que ultrapassa a equipa e o treinador… É muito complicado.

– Eu sou muito melhor treinador do que gestor. Ser gestor é algo que me aborrece, divirto-me muito mais no relvado. Mas é claro que é um jogador que traz muitas coisas positivas à equipa, os números falam por ele.

Abdicar do Ronaldo? Se o orçamento assim obrigar, é melhor deixar sair um jogador do que cinco ou seis. Além disso, para continuar com ele a equipa tem de ser construída à sua volta, comentou o técnico, que passou em resumo a sua passagem pelo conjunto de Turim.

“Ganhámos um campeonato que todos davam como garantido e nem festejaram. Os jogadores foram jantar cada um para seu lado. Se calhar devia ter ido para a Juventus este ano, já que na última época até um quarto lugar celebraram…”

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?