Homem com 12 mulheres não aconselha ninguém a seguir o seu exemplo

Musa Hasahya é um ugandês tido como o mais polígamo do mundo, mas o que no inicio era orgulho e símbolo de masculinidade virou sufoco. Hasahya é responsável por uma família composta por 12 esposas; 102 filhos e 567 netos, totalizando 681 membros, vivendo no mesmo espaço.

O homem dependia da actividade agrícola para sustentar a sua família, mas com a fraca produção nos últimos dias, a vida tornou-se muito difícil para o polígamo, que chegou a pedir ajuda nas ruas e auxílio ao governo do seu país.

Como resultado das dificuldades, as duas esposas mais novas do polígamo abandonaram o lar.

Com esta experiência amarga, Hasahya deixa importante recado aos demais homens: “aconselho aqueles que desejam se casar com mais de quatro esposas a não o fazerem porque as coisas podem irem mal”.

 

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?