Jaime Matlhombe destituído da função de Apostólo Emérito

Matlhombe era acusado de escândalos sexuais, curandeirismo, criminalidade e fraude financeira.

A Igreja Velha Apostólica em Moçambique, informa aos seus fiéis, às instituições governamentais e cívico-religiosas e ao público em geral que o Apostolado de África e Médio Oriente, da Igreja Velha Apostólica votou, por unanimidade, a favor da destituição de Jaime César Mathombe, da função de Apóstolo do Apóstolo Emérito daquela Igreja.

Segundo um comunicado de imprensa tornado público esta manhã, a medida produz efeitos a partir do dia 13 de Março de 2024. “Com efeito, o Apóstolo Matlhombe, a partir da data acima fica vedado de praticar quaisquer actos públicos, em nome ou por conta da Igreja Velha Apostólica, de exercer quaisquer funções, deveres ou tarefas na e da Igreja Velha Apostólica, nem mesmo, como Apóstolo ou Apóstolo Emérito.

O antigo líder religioso era acusado pelos membros da congregação, em Moçambique, de escândalos sexuais, curandeirismo, criminalidade e fraude financeira.

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?