Jovem de 23 anos morre vítima de violência doméstica na Cidade da Beira

Fátima, uma jovem de 23 anos, brutalmente espancada e queimada com o ferro de engomar pelo marido, em Novembro de 2022, perdeu a vida este sábado, no Hospital Provincial da Beira, informaram fontes familiares.

A jovem, que deixa um bebé de seis meses, deu entrada no Hospital Provincial da Beira em estado de coma grave, no dia cinco de Novembro de 2022. Para alem de espanca-la, o marido recorreu a um ferro de engomar para queimar a sua esposa.

A vítima ficou desde a sua entrada no hospital, na sala de reanimação sob cuidados intensivos sem poder se movimentar e nem falar. Na madrugada de hoje (18 de Fevereiro), ela não resistiu aos ferimentos e perdeu a vida.

Familiares, amigos e colegas da jovem, que frequentava o 4º ano do curso de Economia e Finanças na UniZambeze, lamentam a morte de Fátima. “Ela morreu numa altura em que aguardavam os ansiosos pela sua recuperação para saberemos a verdade sobre as causas da tamanha violência doméstica praticada pelo marido, uma vez que ela perdeu a fala e só existe a versão do marido”, avançou um familiar da jovem.

O agressor está a gozar de liberdade provisória mediante o pagamento de uma caução, mas mesmo assim, nunca aproximou à família, não visitou a esposa e nem presta assistência a filha.

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?