Moçambicano Custódio Mucavele acreditado representante do FIDA em Angola

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, recebeu esta semana em Luanda, as Cartas Credenciais do novo representante do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) naquele país, o moçambicano Custódio Estevão Mucavele.

Custódio Mucavele está habilitado a exercer as funções de representante máximo da agência da ONU, estabelecida desde 1977 em Angola, com sede na capital italiana, Roma.

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola tem como missão permitir que populações rurais pobres em países em desenvolvimento superem a pobreza, além de promover o desenvolvimento das áreas rurais, com ênfase no sector agrícola.

O seu Tratado Constitutivo foi aprovado pela Conferência das Nações Unidas para a Criação de um Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola, a 13 de Junho de 1976, realizado em Roma. O FIDA, também, propõe mobilizar recursos financeiros adicionais que sejam disponibilizados em termos concessionais, para promover a agricultura nos Estados-membros em desenvolvimento.

O Fundo financia, sobretudo, projectos e programas destinados a iniciar, expandir ou melhorar os sistemas de produção de alimentos e fortalecer políticas e instituições no âmbito das prioridades e estratégias nacionais.

Custódio Mucavele foi recentemente nomeado em 2022 para o cargo de director do Fundo Internacional de Desenvolvimento da Agricultura (FIDA) na República de Angola, com residência permanente em Luanda.

Mestrado em Economia Agrária, pela Universidade de Pretória (RAS) e licenciado em Agronomia, pela Universidade de Queensland (Austrália), Mucavele juntou-se ao FIDA em 2003, quando esta instituição financeira internacional abriu o seu escritório em Maputo.

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?