Sucesso de novas medidas passa pela mudança de mentalidade das lideranças

Luísa Diogo aponta a necessidade de definição de matrizes e mudança de mentalidade em todos os sectores, incluindo ao nível das lideranças para o sucesso das novas medidas, anunciadas ontem (09 de Agosto), pelo Chefe do Estado.

A antiga Primeira-ministra, Luísa Diogo, considera que o impacto das novas medidas será progressivo devido a crise que o mundo enfrenta, com destaque para o conflito Rússia-Ucrania.

De referir que parte destas medidas carecem da aprovação pela Assembleia da República, sobretudo aquelas que se referem aos IVAS.

A antiga Primeira-ministra, reconheceu que as medidas que visam estimular a economia nacional são muito realistas, indicando como exemplo, a mexida de um por cento do IVA, que caiu de 17 para 16 por cento e ao IRPC que baixou de 32 para 10 por cento, para os sectores agrícolas, aquacultura e transportes urbanos.

“Não mexeu o IRPS, só para ver o cuidado que o governo teve para fazer as medidas que fez”, disse Luísa Diogo.
Para a antiga governante, resta apenas definir as matrizes e promover mudanças de mentalidades em todos os sectores, incluindo ao nível das lideranças, pois o sucesso da aplicação das medidas está ao alcance dos moçambicanos.

O chefe do Estado anunciou um pacote de 20 medidas, acreditando que vão impulsionar a e4conomia nacional.

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?