Homem que agrediu Macron vai cumprir 4 meses de prisão

A ‘justiça francesa condenou quinta-feira a 18 meses de prisão, com cumprimento efectivo de quatro meses, o homem que esbofeteou o Presidente Emmanuel Macron na terça-feira, durante uma viagem ao sudeste da França. Na audiência a que quinta-feira foi presente Damien T. e em que admitiu os factos, o Ministério Público (MP) pediu uma pena de prisão de 18 meses por considerar que a bofetada foi “completamente inadmissível” e um “acto de violência deliberada”. O procurador do MP manifestou-se preocupado com a eventual reincidência do crime, por se ter apercebido de “uma espécie de determinação fria” no homem de 28 anos, que disse ter sido “investido pelos ‘coletes amarelos’, cuja voz já não é ouvida”. O movimento “coletes amarelos”, de protesto contra as políticas sociais e fiscais do Governo francês, nasceu em Novembro de 2018 e incendiou a França durante quase um ano, entre ocupações de rotundas e, por vezes, manifestações violentas.

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?