Oposição na Alemanha apela maior empenho da UE na questão de Cabo Delgado

Partidos alemães da oposição apelam ao Governo federal e à União Europeia que se empenhem mais na busca de uma solução duradoura para Cabo Delgado, que tenha em mente os interesses dos mais vulneráveis.
“O Governo da Alemanha tem ficado demasiado calado perante o desastre em Cabo Delgado, e isso é perigoso”, avalia Alexander Graf Lambsdorft, deputado ao Bundestag, Parlamento federal alemão, e membro do partido liberal (FDP).
O segundo maior partido da oposição naquele país, com 80 deputados, acompanha com grande preocupação o escalar da violência no norte de Moçambique e apela à Alemanha e à União Europeia que se envolvam mais e melhor no assunto.

Entretanto, a situação na província nortenha de Cabo Delgado foi um dos principais temas em discussão na quarta-feira (06 de 05), em Bruxelas, na reunião do Conselho de Negócios Estrangeiros que reuniu os ministros da Defesa da União Europeia.

À saída da reunião, o Alto Representante da UE para a Política Externa e de Segurança, Josep Borrell admitiu o sentido de urgência que a situação em Cabo Delgado exige e anunciou que Portugal se ofereceu para disponibilizar metade dos efetivos que serão enviados a Moçambique.
DW

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?