Assassinada Lara Muave, coordenadora da WWF em Inhambane

Foi assassinada ontem (16 de Outubro), a coordenadora da WWF a partir do distrito de Vilanculos, em Inhambane, anunciou na sua página do facebook, Galiza Matos Júnior, administrador daquele distrito.

“Trêmulo, arrepiado, incontido, zangado é como estou a escrever esta mensagem para anunciar o desaparecimento físico, por alegado assassinato, de um dos mais brilhantes cérebros de Moçambique no que a preservação ambiental diz respeito”, escreve o administrador.

Segundo Galiza Matos Júnior, Lara Muave encontra a morte quando estava a terminar o plano de acção ambiental 2022 para a província de Inhambane. Apoiou os esforços para a protecção de cavalo marinhos, a formação de juízes, magistrados do Ministério Público e polícias para melhor prestação na protecção ambiental.

O administrador termina o seu texto, apelando para que no curto espaço de tempo sejam encontrados, julgados e encarcerados os autores deste crime macabro.

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?