Moçambique: repatriados 46 ilegais em uma semana

Quarenta e seis cidadãos estrangeiros foram repatriados, na semana passada, por terem entrado no país ilegalmente, outros 40 indivíduos ilegais encontram-se sob custódias das autoridades migratórias da província de Tete, indiciados de migração ilegal (falta de vistos e outros documentos de viagem).Novo artigo

O repatriamento resultou da fiscalização feita pelos agentes do Serviço Nacional de Migração (SENAMI), que resultou na recolha de 70 estrangeiros ilegais, disse o porta-voz da instituição, Celestino Matsinhe.

Os 70 estrangeiros foram surpreendidos em situação migratória ilegal, 46 foram repatriados, vinte e três cidadãos aguardam o repatriamento e um cidadão regularizou a sua situação migratória”, indicou Matsinhe.

Das 46 pessoas expatriadas, 33 são de nacionalidade malawiana, oito etíopes e as restantes zimbabweana.

Os indivíduos foram repatriados através das fronteiras de Zobué e Calomué, na província de Tete e Machipanda, em Manica. Celestino Matsinhe apelou a colaboração de todos na denúncia de locais que abrigam imigrantes em situação irregular.

Entretanto, outros 40 indivíduos ilegais encontram-se sob custódias das autoridades migratórias da província de Tete, indiciados de migração ilegal (falta de vistos e outros documentos de viagem).

Trata-se de 23 paquistaneses e 17 Bengalis que transitava em duas viaturas nas estradas da província. Um dos condutores foi detido e outro que liderava a equipa colocou-se em fuga.

Fonte: https://noticias.mmo.co.mz17

English EN Portuguese PT
× Como podemos ajudar?